Equipe de Temer estuda abrir capital da Caixa e privatizar loterias e seguros


10/05/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades


Reportagem do O Estado de São Paulo desta terça-feira (10) informa que a Caixa Econômica Federal já tem um caminho desenhado para abrir capital daqui a dois anos. A medida chegou a ser cogitada no fim do ano passado pela presidente Dilma Rousseff, mas ficou restrita à área de seguros. Agora, é uma das apostas do PMDB para se tornar uma marca do eventual governo Michel Temer. Antes da IPO, meta é privatizar áreas como loterias e seguros.

Para que uma oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) seja possível até 2018, ano de novas eleições presidenciais e do término do provável mandato de Temer, o banco teria de passar por uma espécie de saneamento operacional, com a privatização de três áreas: seguros, loterias e cartões. A medida é imprescindível para que a instituição volte a se concentrar na atividade bancária.

Seguros e loterias

O modelo das privatizações para as áreas de seguros e loterias já está definido. Por causa das condições de mercado, a Caixa desistiu do IPO da Caixa Seguridade, mas afirmou que mantém a intenção de iniciar novo processo de oferta, tão logo o mercado se mostre favorável.

A estimativa inicial era de que a nova empresa fosse avaliada em R$ 40 bilhões (o IPO movimentaria R$ 10 bilhões), mas o momento de aversão a risco provocaria um grande desconto no valor da companhia. Fontes do banco disseram que as condições já melhoraram e não descartam que o IPO seja feito ainda em 2016.

Em relação às loterias, o governo já tem pronta uma megalicitação para a loteria instantânea, a raspadinha, que servirá de teste para que outras loterias também possam ser exploradas pela iniciativa privada. Quando os estudos começaram a ser feitos, o governo pretendia levantar R$ 15 bilhões em cinco anos no leilão – R$ 3 bilhões por ano. Agora, com privatização provavelmente por meio de joint venture, o valor anual estimado é de R$ 1 bilhão. Veja a reportagem completa em Especial.

WhatsApp chat
-->