Folha de São Paulo apresenta perfil de Moreira Franco, que diz favorável ao jogo


19/05/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



A Folha de São Paulo apresentou no último sábado (14) o perfil de um dos cinco nomes mais próximos do presidente interino Michel Temer, Wellington Moreira Franco, 71 anos, que é descrito pelo jornal como um camaleão político do novo núcleo de poder que se instala no Palácio do Planalto.

Cita que o governador terminou seu mandato com taxas altas de impopularidade e sob críticas diversas. Em fevereiro de 1991, um mês antes de deixar o cargo, recebeu no Palácio Guanabara a cúpula da contravenção do Rio de Janeiro.

“Não fui eu quem elegeu os presidentes das escolas de sambas. Não tinha culpa se eram bicheiros. Em 1986, todos apoiaram Darcy Ribeiro e trabalharam intensamente contra mim. Era um encontro administrativo, sobre a cessão do terreno para o museu do carnaval. Eram bicheiros. O que posso fazer? A vida social é o que é”, afirmou Moreira.

Entre 2007 e 2010, sob o governo Lula, Moreira Franco comandaria a vice-presidente de loterias da Caixa Econômica Federal. “Nunca fui contra o jogo. No mundo todo, as pessoas jogam. Pessoalmente, não jogo. Não vou a cassinos nem tenho paciência. Mas não vejo problemas.”

WhatsApp chat