Deputados destacam problemas na rede lotérica


20/06/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Através de discursos, os deputados Pompeo de Mattos (PDT-RS) e José Stédile (PSB-RS) destacaram os problemas enfrentados pela rede lotérica pela falta de reajuste nas tarifas de serviços interbancários. Inclusive, o tema foi pauta no noticiário da A Voz do Brasil.

No entendimento de Pompeo de Mattos, do PDT do Rio Grande do Sul, a angústia dos lotéricos não terminou com a aprovação da lei que prorrogou as concessões e o direito de exploração das loterias. Ele observou que os valores pagos pela execução dos serviços bancários ainda são muito baixos.

Segundo o deputado, há mais de 20 meses que os lotéricos não têm reajuste nas tarifas. Pompeo de Mattos pediu à Caixa Econômica Federal que tome providências em relação às tarifas para evitar que ocorra uma paralisação dos lotéricos.

Ao garantir o aumento do benefício do Bolsa Família, o reajuste do Imposto de Renda e a contratação de 25 mil moradias no programa Minha Casa, Minha Vida, Marcon, do PT do Rio Grande do Sul, acredita que o governo Dilma fez um gesto de grandeza com os trabalhadores e com a população de baixa renda.

José Stédile, do PSB gaúcho, sugeriu que a Caixa Econômica Federal faça o reajuste do valor pago às lotéricas. O parlamentar argumentou que as lotéricas estão em situação falimentar porque os recursos que recebem para a prestação de serviços não são suficientes para pagar os funcionários e manter a segurança.

WhatsApp chat
-->