Noticiário comprova os avanços do marco regulatório dos jogos


19/07/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



O noticiário deste fim de semana foi extremamente promissor para os defensores da legalização dos jogos e comprova os avanços do marco regulatório dos jogos. Além disso, confirma várias informações adiantadas pelo BNL e mostra um ambiente menos contaminado.

Apesar do destaque para a reportagem isenta do O Estado de São Paulo sobre a busca de locais para instalação de locais para cassinos e bingos e para o lançamento da Lotoshow.com – a nova plataforma de jogos online da Piauí Loterias –, a informação mais importante foi a entrevista do novo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) à Folha de São Paulo, que defendeu publicamente pela primeira vez a legalização do jogo no Brasil e o detalhe: ainda em 2016.  

Fundo para Polícia Federal

Na última terça-feira (12), O BNL informou que a reunião entre o comando da Polícia Federal e o relator de Plenário do PLS 186/2014, senador Fernando Bezerra de Coelho (PSB-PE) tinha sido muito positiva. A nota que o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes está interessado em parte dos recursos do jogo, veiculada pela coluna de Lauro Jardim no O Globo deste domingo confirmou a informação.

Na verdade, a proposta é que seja apresentada uma emenda garantindo a um Fundo vinculado ao ministério da Justiça para que parte dos recursos arrecadados com os jogos sejam destinados para compra de equipamentos para a Polícia Federal.

‘Polícia fecha 2,7 bingos ilegais por dia na capital’

A informação da Secretaria da Segurança Pública (SSP), veiculada na reportagem do O Estado de São Paulo, que só na capital, a Polícia de São Paulo fechou 2,7 bingos clandestinos a cada dia em 2016 comprova que o jogo já existe e que a polícia está enxugando gelo. Ao todo, 499 estabelecimentos foram alvo de batidas policiais no primeiro semestre deste ano.

Segundo a reportagem – que pode ser conferida na editoria Especial –, as casas ilegais estão espalhadas por toda a cidade e oferecem tanto bingo em cartela quanto máquinas de caça-níquel. Em geral, eles ficam em locais escondidos, têm segurança reforçada e acesso restrito a pessoas indicadas por frequentadores.

MP para apostas esportivas

A nota veiculada pelo Blog do Ancelmo Gois no O Globo Online, que o Palácio do Planalto pretende editar uma medida provisória autorizando a Caixa Econômica Federal a operar as apostas esportivas alimenta ainda mais os boatos dos últimos dias.

WhatsApp chat