WLA: Venda mundial de loterias cresce somente 2%


20/08/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



As vendas das loterias em todo o mundo aumentaram 2% durante o ano de 2015, apoiado pelo forte incremento nas Américas ao longo do ano. O crescimento, no entanto, foi contrastado por uma contração na região Ásia/Pacífico. O resultado das vendas de loterias em todo o mundo está agora em seu ponto mais baixo dos últimos cinco anos, de acordo com dados divulgados pela World Lottery Association (WLA).

América Latina

A América Latina teve o melhor desempenho no ano de 2015, com um aumento global nas vendas de 19,1% em relação a 2014. Continuando com sua dominante trajetória, a Loteria Nacional da Argentina teve o melhor desempenho, relatando um aumento nas vendas de 25,5% em comparação com o mesmo período anterior.

Devido às fortes vendas de seu produto Lotto, a Polla Chilena também observou um bom desempenho, registrando um aumento de 15,4% em relação a 2015 para a Loteria Nacional do Chile.

Brasil – Caixa Econômica Federal

Com um aumento firme no último trimestre, que chegou a 23%, as receitas provenientes da Caixa Econômica Federal do Brasil aumentaram 10,2% durante o ano fiscal 2015. O incremento do quarto trimestre de 2015, em relação ao mesmo período de 2014, foi devido a vários fatores. Em novembro de 2015, a loteria ofereceu o maior prêmio da história da Mega-Sena, resultando em um melhor desempenho mensal da loteria para o ano, enquanto o produto Mega Virada, para o final do ano, ajudou a Loteria do Brasil a registrar seu segundo maior volume de vendas mensais do ano.

América do Norte

Enquanto isso, o mercado norte-americano continuou a se fortalecer, com loterias dos EUA registando um aumento para o ano de 8%. A BCLC do Canadá reportou um aumento anual nas vendas de 14,5%. Seguindo a performance da BCLC, a Loteria da Califórnia, aumentou suas vendas em 14,1% anual. A Lottery Ontário, do Canadá também teve um crescimento de dois dígitos durante o mesmo período de tempo, já que suas vendas cresceram 12,8%. A Kentucky Lottery, Florida Lottery e Tennessee Lottery também tiveram forte desempenho, reportando aumentos de 8,7%, 7,8% e 7,2%, respectivamente. As vendas da Loto-Québec do Canadá e a norte-americana Connecticut Lottery cresceram 6,5% e 5,9%, respectivamente, durante o mesmo período. Os resultados positivos da América do Norte se estabeleceram no contexto de melhora da economia dos EUA, que teve um aumento real no PIB de 2,4% em 2015.

África

No mercado africano, a situação foi semelhante ao relatado no trimestre anterior. Para o ano fiscal de 2015, as loterias africanas que participam do indicador de vendas da WLA relataram um aumento total das vendas de 3,4% em comparação com o ano fiscal de 2014. A National Lottery Ghana foi testemunha de um crescimento nas vendas de 19,7% em comparação com 2014. As loterias marroquinas continuaram seu bom desempenho. A Marocaine des Jeux teve um crescimento nas vendas anuais de 12,5% e gerou um aumento de 10,1% para a lotaria nacional durante o mesmo período. As vendas da Mauritius National Lottery encolheram consideravelmente durante os doze meses de 2015, em comparação com 2014.

Europa

O panorama na Europa também refletiu a situação no trimestre anterior, em que o impressionante crescimento de dois dígitos de várias loterias da Europa Central foi compensado pela redução das vendas no resto da Europa. Como resultado, as loterias europeias participantes relataram um aumento total nas vendas de 1,3% para o ano de 2015.

A Totalizador Sportowy da Polônia e a Szerencsejáték Zrt da Hungria, continuaram registrando aumentos anuais nas vendas de 18,2% e 15,5%, respectivamente. O aumento das vendas da Szerencsejáték Zrt se deve a vários fatores, incluindo a introdução de um novo sistema tecnológico (AEGIS) em agosto de 2015, que permitiu ampliar o seu leque de apostas desportivas, bem como o lançamento de um bilhete instantâneo no período que antecedeu ao Natal. As vendas de OPAP na Grécia e da da sueca Svenska Spel se mantiveram estáveis ao longo de 2015, enquanto as vendas da Lottomatica na Itália encolheram durante o mesmo período. O desempenho mais fraco da Europa deveu-se à economia do continente como um todo, onde o PIB teve um crescimento modesto de 1,5% na Zona do Euro (EA19) e 1,8% na Zona EU28 durante todo o ano de 2015.

Ásia-Pacífico

Na região da Ásia-Pacífico, as vendas diminuíram novamente, onde as loterias participantes daquela região observaram uma contração nas vendas de todo o ano em 1,6%. A desaceleração deveu-se em grande parte às loterias da China. A Lottery Sports registou uma queda anual de 5,7% e a Bem-Estar em 2,2%. As vendas globais anuais caíram 3,8% na China continental.

Em outras partes da Ásia-Pacífico, a Austrália Lotterywest viu aumentar suas vendas em 6,7% para o ano fiscal de 2015, em comparação com o ano anterior, enquanto a Loteria Takara-Kuji do Japão observou que suas vendas se mantiveram estáveis durante o mesmo período.

WhatsApp chat
-->