Eike propôs instalação de máquinas caça-níqueis no Jockey Clube do Rio


05/10/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Sob o título ‘Bola preta’ a coluna Radar da revista Veja informa que o empresário Eike Batista enviou uma carta ao Jockey Clube Brasileiro, no Rio, propondo a instalação ali de máquinas caça-níqueis. Ofereceu 3 milhões de dólares pela empreitada, que ainda depende da liberação dos jogos de azar no Congresso.  A proposta foi rejeitada.

Eike Batista continua querendo entrar no setor

O empresário Eike Batista não descansa e continua realizando vários movimentos para participar de alguma forma do setor com a legalização dos jogos. Desde que a crise do grupo “X” se agravou, Eike tenta um parceiro para participar do mercado e o alvo desta empreitada é a austríaca Novomatic. A empreitada recebeu o nome de BIG (Brazilian International Gaming).

O problema para o empresário brasileiro será enfrentar um compliance nos âmbitos institucional e corporativo. Como se sabe, compliance é o conjunto de disciplinas para fazer cumprir as normas legais e regulamentares, as políticas e as diretrizes estabelecidas para o negócio e para as atividades da instituição ou empresa, bem como evitar, detectar e tratar qualquer desvio ou inconformidade que possa ocorrer.

WhatsApp chat
-->