Amaya [PokerStars] e William Hill discutem possível fusão


14/10/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Segundo a agência de notícias Reuters, está sendo discutida outra grande parceria na indústria do jogo, com a Amaya, empresa dona da PokerStars, e a William Hill, que estão estudando a possibilidade de uma fusão.

Em um comunicado conjunto, a canadense Amaya e a britânica William Hill disseram que o acordo proposto de £5 bilhões seria ‘consistente com os objetivos estratégicos’ de ambas as empresas.

Existem também os rumores que a Amaya recebeu propostas da GVC Holdings Plc.

Como resultado direto destes dois potenciais acordos, o preço das suas ações cresceu 9,1% para C$23,41 na bolsa de Toronto na última sexta-feira (8). Este foi o maior valor dos últimos 11 meses.

Listada na bolsa de Londres, a William Hill viu um aumento de 6.5% no valor de suas ações, elevando o valor da empresa para US$ 3.3 bilhões. Já a Amaya teve crescimento de 9.1%, deixando a empresa com valor de mercado de US$ 2.6 bilhões. Juntas, as duas companhias atingiriam impressionantes £5.7 bilhões.

Em agosto a William Hill rejeitou uma proposta de aquisição combinada no valor de £3 bilhões por parte da 888 Holdings e do Rank Group. Também circulam rumores de que o próprio ex-CEO da Amaya David Baazov teria interesse em comprar a Amaya, o que agora parece estar fora de questão.

A William Hill é muita famosa pela sua popular casa de apostas e lojas de apostas no Reino Unido. No final do ano passado, a PokerStars lançou as suas próprias apostas esportivas com a BetStars. (Com informações de Agências e Poker Strategy)

WhatsApp chat
-->