BNDES promete edital para modelagem da licitação da concessão da LOTEX para novembro


30/10/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pode divulgar até o final de novembro o edital de contratação de consultores para a modelagem da licitação das concessões de distribuidoras de energia, de companhias de saneamento e da Loteria Instantânea Exclusiva (LOTEX), da Caixa Econômica Federal. O processo de privatização deve se prolongar ao longo de 2017, mas o banco trabalha para que ande rápido.

A informação é da presidente do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques, ao participar nesta terça-feira do painel “De onde viemos, onde estamos e para onde vamos”.

“Até o final de novembro a gente vai ter novidade. Tem interessados, tem empresas que começam a perguntar. Mas a gente precisa lançar o edital primeiro para contratar os consultores. Tem um processo todo que vai percorrer o próximo ano”, afirmou Maria Silvia, antes de participar do 8º Congresso Internacional sobre Desenvolvimento Sustentável, no Rio.

O processo de privatização está a cargo do BNDES e integra o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), anunciado em setembro pelo governo do presidente Michel Temer.

“Os três estão andando. Estamos trabalhando para andar rápido”, afirmou a presidente do BNDES.

LOTEX: Caixa Instantânea

A Caixa Econômica Federal já criou a empresa que irá operacionalizar este produto que será a “Caixa Instantânea”. Esta atuação será feita de forma desestatizada com o banco sendo um dos sócios minoritários. As empresas complementares que atuarão nesta administração já estão se organizando e o BNDES será responsável pela formatação do processo. O payout deve ficar na média de 60% a 65% e a estruturação final do produto será formatada pelo sócio majoritário. O processo ainda é longo com perspectiva de aplicação no segundo semestre de 2017.

WhatsApp chat
-->