Centrais farão manifestações contra retirada de direitos trabalhistas nesta sexta-feira


26/11/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Nesta sexta-feira (25), as centrais sindicais farão manifestações por todo o País pela manutenção dos direitos dos trabalhadores. A jornada, batizada de Dia Nacional de Luta pelos Direitos, visa parar a produção em fábricas e empresas por pelo menos uma hora, para explicar aos trabalhadores o que pretendem os defensores das reformas trabalhista e da Previdência, além da luta por mais empregos. Em São Paulo, às 11h, haverá um ato em frente à Superintendência do INSS, no Viaduto Santa Ifigênia.

Os detalhes da manifestação foram acordados pelas centrais em reunião realizada na última sexta-feira (16), da qual participaram representantes da Força Sindical, CUT, UGT, NCST, CTB, CGTB e Conlutas.

Receitas da regulamentação dos jogos para Seguridade/Previdência

Além de mobilizar os trabalhadores, a Força Sindical está atuando em várias frentes. Ao lado das outras centrais, já enviou ao governo um documento com várias propostas, que, se colocadas em prática, vão equilibrar as contas públicas, gerando, ainda, emprego e renda. Entre as propostas para a Previdência estão a criação do novo Refis para a cobrança de R$ 236 bilhões de dívidas ativas; a venda de imóveis inativos do INSS; a revisão das isenções para atividades filantrópicas; a tributação do agronegócio; e a destinação à Seguridade/Previdência das receitas oriundas da regulamentação dos bingos e jogos. (Com informação Mundo Sindical)

WhatsApp chat
-->