Brasil exporta ao menos 20 bilhões de reais em jogadores e tecnologia para cassinos estrangeiros


08/12/2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Em meio à maior turbulência política desde a redemocratização, o Senado prepara-se para votar a legalização dos jogos no país.

Segundo um cálculo feito pelo Instituto Jogo Legal, o Brasil é o maior exportador de jogadores do mundo, mandando para cassinos estrangeiros cerca de 200.000 pessoas. Em números ainda mais vultosos, mandamos para o exterior ao menos 20 bilhões de reais.

E não é só isso.

O país também é fornecedor de tecnologia para os centros de jogos mundo afora. No período em que o bingo era legalizado por aqui, empresas voltadas para esta modalidade de aposta tornaram-se líderes mundiais.

Tanto que, na maior feira do mercado de jogos, a Global Gaming Expo, realizada recentemente em Las Vegas, chamavam atenção os stands das brasileiras Ortiz Gaming, Rio Claro Tecnologia e FBM. (Radar Online – Veja.com – Ernesto Neves)

Comento

A nota do Radar é positiva, pois mostra aspectos positivos sobre o setor de jogos, mas ela tem dois equívocos. O colunista esqueceu de citar o estande da Zitro. E a Rio Claro Tecnologia, que não tinha estande na G2E, na verdade é a RCT Gaming.

WhatsApp chat
-->