No 1º dia, Caixa pagou FGTS a 2 de cada 3 trabalhadores que têm direito


14/03/2017 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Governo,Novidades



No primeiro dia de saque das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) 3,3 milhões de pessoas receberam R$ 3,8 bilhões, ou cerca de R$ 1.150 em média por pessoa, segundo balanço divulgado pela Caixa Econômica Federal.

O total de pessoas que acessaram o dinheiro representam dois terços do total de 4,8 milhões de trabalhadores que têm direito ao saque nessa primeira etapa.

O dinheiro das contas inativas do fundo começou a ser pago na sexta (10). Cerca de 1,9 milhão de pessoas receberam um total de R$ 2 bilhões por meio de crédito em conta.

Outros 1,4 milhão de trabalhadores foram até agências bancárias, lotéricas, correspondentes e autoatendimentos do banco para sacar a verba, que somou R$ 1,8 bilhão. A maioria dessas pessoas são as que puderam sacar após a liberação do governo, diz a assessoria da Caixa, mas o número também inclui trabalhadores demitidos ou que se aposentaram, casos em que a lei já prevê direito ao saque.

O primeiro dia de saques registrou problemas

O primeiro dia de saques registrou problemas. O mais comum foi o de trabalhadores que tinham saldo em contas inativas, mas foram informados de que elas estavam zeradas pelo banco. Outro transtorno comum foi o de pessoas que não conseguiram sacar porque não tinham a rescisão do contrato de trabalho.

A vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa Econômica Federal, Deusdina dos Reis Pereira, disse que os problemas são pontuais e o sistema está sendo melhorado.

“São casos pontuais que nós verificamos. Os casos mais comuns são de pessoas que têm mais de uma conta e transferiu apenas um deles para a conta poupança, ou às vezes o sistema apareceu uma [conta] e ele tem mais de uma” diz.  (Folha de São Paulo – Wálter Nunes, de São Paulo – Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

WhatsApp chat
-->