Cassinos transformam Macau em um dos lugares mais ricos do mundo


13/06/2017 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Na última sexta-feira (09), o ‘Globo Repórter’ viajou com a repórter Glória Maria até Macau, na China. Com apenas 30 quilômetros quadrados de área, a região é uma das mais ricas do planeta, considerada o parque de diversões da Ásia. Atrai gente do mundo inteiro com o fascínio de seus cassinos, os hotéis de luxo e a rua da felicidade.

Cassinos de Macau arrecadam muito mais que os famosos cassinos de Las Vegas

Quando a noite cai as principais atrações de Macau se destacam na paisagem. É a única cidade da China onde o jogo é permitido. Lá funcionam alguns dos maiores e mais luxuosos cassinos do mundo. Eles arrecadam muito mais do que os famosos cassinos de Las Vegas e transformaram Macau num dos lugares mais ricos do planeta.

A decoração é suntuosa, e o movimento nas mesas de jogo não para. Mas mesmo quem não joga consegue se divertir. Os cassinos têm espetáculos grandiosos.

Na Dança das Águas, 80 bailarinos e acrobatas se revezam no palco. Um outro espetáculo começa com o som dos tambores. É o festival da Dança do Leão, uma tradição dos países asiáticos.

Os dançarinos são treinados em artes marciais e dão um show de habilidade. Eles simulam os movimentos e as expressões dos leões.

WhatsApp chat