Crise política atrasa legalização dos jogos


22/06/2017 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



A aguda crise política que o país atravessa é o grande limitador da tramitação dos projetos de lei que tratam da legalização dos jogos no Congresso Nacional. Este foi o sentimento dos diretores do Instituto Brasileiro Jogo Legal – IJL, após as audiências desta terça (20) e quarta-feira (21) com senadores e deputados.

O fato positivo é que o tema continua no radar dos parlamentares e, até mesmo do Executivo, que enxerga a legalização desta atividade como fonte alternativa de recursos para aumentar a arrecadação do governo.

A expectativa é que a crise política arrefeça no início do segundo semestre, logo após o recesso parlamentar, que neste ano será realizada ente os dias 18 e 31 de julho.

WhatsApp chat
-->