FEBRALOT aumenta apoio político no Congresso Nacional


26/06/2017 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Nesta terça-feira e quarta-feira, a diretoria da Federação Brasileira das Empresas Lotéricas – FEBRALOT e os representantes dos sindicatos estaduais estiveram em Brasília para uma agenda de reuniões com a Caixa Econômica Federal e com parlamentares no Congresso Nacional.

Na quarta-feira (21), diretoria da FEBRALOT participou de encontro com o presidente da Comissão de Finanças e Tributação – CFT, deputado Covatti Filho (PP-RS), para esclarecer e detalhar o Projeto de Lei 7306/2017. O presidente da CFT manifestou total apoio para aprovação da proposta e os interesses da categoria, além do requerimento com o pedido de ‘urgência’ para o projeto de lei.

Devido a vários compromissos no mesmo horário, as lideranças lotéricas se dividiram.

Apoio no Senado Federal

O grupo liderado pelo presidente da FEBRALOT, Jodismar Amaro, participou de reunião com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), para tratar de assuntos pertinentes ao projeto de lei. O presidente do Senado demonstrou total apoio à categoria e assumiu o compromisso de relatar o projeto de lei quando a proposta tramitar no Senado Federal, além de trabalhar pela aprovação da proposta.

Apostas pela Internet

O outro grupo de lideranças lotéricas esteve reunida na sede da Caixa com a vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Deusdina Pereira e o gerente Nacional de Produtos Lotéricos da Caixa, Edilson Carrogi para tratar da implantação de jogos pela Internet. Neste encontro a FEBRALOT apresentou um estudo realizado pelo SINCOESP onde era simulado uma migração de clientes do ambiente físico de loterias (lojas) para o meio eletrônico, além dos impactos que esta medida poderá causar nas receitas dos empresários. Este estudo também discutiu a forma de distribuição das comissões pagas para este tipo de aposta.

A Federação mais uma vez, deixou bem claro que não concorda com o percentual de comissionamento de 3,06% sugerido pela Caixa e que discorda da fórmula escolhida pela Caixa para distribuição das comissões.

A gestora ficou com cópia deste estudo e estará encaminhando para as áreas competentes para que as mesmas forneçam nos próximos dias seus pareceres.

Adicional de segurança

A diretoria da FEBRALOT também esteve reunida com os representantes da GERPA para obter esclarecimentos sobre a demora do reajuste do adicional de segurança, visto que praticamente todas as transportadoras de valores do Brasil já estão praticando novos preços e muitas delas com reajustes superiores a 50%. A gerente Nacional de Gestão Canais Parceiros, Thays Cintra Vieira, informou que o reajuste está previsto para os próximos dias e deve ser retroativo ao mês do aumento do transporte de valores.

Empréstimo

Também foi solicitado esclarecimento para toda a Rede Lotérica sobre as regras da linha de empréstimo de repactuação das dívidas, visto que nem as agências estão sabendo informar e os empresários não estão conseguindo obter estes empréstimos.

Reestruturação das SRs

Por último foi discutido o novo modelo de consultoria que a Caixa está implantando nas suas SRs, com um aumento na quantidade de pessoas envolvidas no processo, mas ao mesmo tempo, sem conhecimentos e qualificação necessária para dar esta consultoria.

Aprovação do PL 7306/2017

A FEBRALOT está confiante que brevemente o PL 7306/2017 será votado e acredita nesta aprovação.

“Nos próximos dias as lideranças partidárias serão contatadas para agendar um encontro com o presidente da Câmara dos Deputados e também audiência no Palácio do Planalto com a equipe de apoio ou até com a própria Presidência da República. Embora haja um forte apoio parlamentar, a Federação acredita que é necessário que este apoio traga segurança para as lideranças não serem surpreendidas na hora das votações ou com a possibilidade de um veto presidencial”, comentou Jodismar Amaro.

WhatsApp chat
-->