Especial MPE: CAIXA aposta em parcerias para alavancar atuação no segmento


05/10/2017 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



A CAIXA tem apostado em parcerias para alavancar a sua atuação no segmento de micro e pequenas empresas. Apenas neste ano, o banco já assinou acordos de cooperação com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). As duas entidades juntas reúnem cerca de 1,15 milhão de micro e pequenas empresas, que empregam mais de 5 milhões de pessoas.

“As necessidades de uma indústria nem sempre são as mesmas de um comércio. Essas parcerias permitem que a gente ofereça pacotes de valor específicos para cada setor”, explica Daniel Ferraz, gerente nacional de Estratégia de Clientes Micro e Pequena Empresa da CAIXA. “As próprias entidades nos apresentam as principais necessidades dos seus associados, o que torna a nossa atuação muito mais assertiva”, completa.

O acordo com a CNI foi assinado em 7 de junho, na abertura do 4º Seminário Pense Primeiro nas Pequenas, promovido pela entidade. “Desenvolvemos um pacote diferenciado, com taxas mais baixas em linhas de capital de giro, investimento e financiamento”, conta Ferraz. A CAIXA também se comprometeu a apoiar as empresas associadas à CNI no ganho de competitividade, no incentivo à inovação tecnológica e no acesso a mercados internacionais.

Suzana Peixoto, coordenadora nacional do Núcleo de Acesso ao Crédito da CNI, destaca a importância da parceria para as empresas associadas. “A indústria tem muitas necessidades, que vão do capital de giro, para permitir que a empresa produza, ao investimento, para ampliar a capacidade de produção”, explica.  Segundo a coordenadora da CNI, a entidade confia que as demandas da indústria serão atendidas da melhor forma possível. “Quando o setor industrial cresce, o país também cresce.”

Avança Varejo
Assinado em 17 de agosto, o acordo com a CNDL recebeu o nome de programa Avança Varejo. Por meio dele, o banco vai destinar R$ 1 bilhão em crédito para o setor varejista, além de oferecer um pacote de produtos e serviços bancários especial para as empresas associadas à entidade. “São taxas mais baixas e prazos mais alongados, condições mais vantajosas em produtos e serviços como cobrança bancária, folha de pagamento e cartão de crédito”, explica Daniel Ferraz.

Na assinatura do acordo, o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, afirmou que a parceria com a CAIXA vai ajudar os lojistas num momento em que se busca melhoria de resultados. “O que está sendo oferecido em matéria de taxas, tanto para capital de giro quanto para investimento, apresenta um diferencial em relação às demais entidades financeiras”, destacou.

Para auxiliar os seus associados, a CNDL criou um site específico para o programa Avança Varejo. Nele, os lojistas podem conferir as taxas e condições de todos os produtos e serviços da CAIXA disponíveis por meio da parceria. O site também permite que os associados deem início à contratação, indicando quais são as suas necessidades e informando os seus contatos para que um gerente da CAIXA entre em contato.

WhatsApp chat
-->