Mais brasileiros devem utilizar o 13º salário para pagar dívidas


15/12/2017 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Usar o 13º salário para pagar dívidas. Essa é a intenção de 85% dos consumidores brasileiros, segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac). O percentual é superior aos registrados em 2015 (74%) e 2016 (81%). “Estamos vivendo um momento de conscientização, após um período de forte expansão do crédito”, aponta Eugênia Regina de Melo, superintendente nacional de Gestão de Adimplência da CAIXA. “Reestruturar seus débitos, regularizar pendências, ‘limpar o nome’: isso traz dignidade para as famílias.”

O movimento, explica Eugênia, não chega a ser incomum nesta época do ano. Os clientes sempre utilizaram o 13º salário e a renda de trabalhos temporários para renegociar suas dívidas. “Mas este ano a procura tem sido maior, o que já é um reflexo da recuperação da renda”, afirma. Para atender a esses clientes dispostos a colocar as contas em dia, a CAIXA lançou a campanha Quita Fácil, que oferece condições especiais para a regularização de contratos atrasados há mais de 360 dias.

As alternativas negociais variam conforme a situação de cada contrato, tipo de operação de crédito, dias de atraso e garantias. Por isso, os clientes precisam ir até uma agência da CAIXA, entrar no site www.negociardividas.caixa.gov.brou ligar para o telefone 0800 726 8068 para saber as condições específicas para o seu caso. Outra opção é procurar um dos cinco caminhões Quita Fácil da CAIXA. Até o dia 28 de dezembro, quando termina a campanha, eles ainda vão passar por 13 cidades de oito estados do país.
Fonte: CAIXA

WhatsApp chat
-->