Criação do Ministério da Segurança Pública será outra oportunidade para a legalização dos jogos


15/02/2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



O presidente Michel Temer planeja criar o Ministério da Segurança Pública, removendo funções do Ministério da Justiça. A idéia é anunciar a pasta em abril, quando uma reforma ministerial será feita com os auxiliares de saída que serão candidatos. A medida é um esforço para imprimir uma marca em seu último ano no escritório, relatórios da Folha de S.Paulo.

Em uma entrevista com a Folha, concedida na quinta-feira (18), o presidente confirmou avaliar montar a nova estrutura e defendeu a necessidade de uma presença mais forte do governo federal em coordenação de segurança no país.

“Está em minha mente, mas não está decidido. Nesta busca para tentar encontrar uma realidade factual, devemos prestar atenção nisso “, afirmou.

Governadores defendem os recursos do jogo para segurança

No mês de novembro, sete governadores (Distrito Federal, Rio de Janeiro, Tocantins, Piauí, Acre, Amapá e Goiás) e cinco vice-governadores reuniram-se no Palácio Buriti, defenderam a legalização do jogo no país para que os recursos dos impostos cobrados ser destinado a um fundo de segurança pública.

Os governadores foram ao Congresso Nacional e pediram aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e ao Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a aprovação dos projetos.

Fonte: BNL Data

WhatsApp chat