Desafio Brasil CAIXA de Atletismo Indoor reúne melhores do Brasil em São Caetano


16/02/2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



A cidade de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, sedia o Desafio Brasil CAIXA de Atletismo Indoor, neste sábado (17). A competição acontecerá no Centro de Treinamento da Vila São José e será a última oportunidade os atletas alcançarem índice para o Campeonato Mundial Indoor de Birmingham 2018, na Grã-Bretanha, de 1º a 4 de março.

A competição em São Caetano do Sul vai reunir os primeiros 24 colocados no Ranking Brasileiro de 2017 nas provas de pista, e os 16 primeiros nas provas de campo. “A ideia dessa competição é dar oportunidade para os atletas fazerem o índice e aumentar o número de participantes brasileiros no Mundial”, afirma o superintendente de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Antonio Carlos Gomes.

Confirmado para a disputa em São Caetano do Sul, Talles Frederico Sousa Silva, do salto em altura, planeja alcançar o índice exigido e carimbar o passaporte para representar o país na Inglaterra. “A minha expectativa é a melhor possível. Eu comecei a competir este ano pegando um ritmo bom e treinando forte e acredito que eu possa alcançar o índice”, disse o mineiro da equipe Pinheiros (SP).

Talles Silva estabeleceu recentemente o novo recorde brasileiro da prova – 2,26m, no Torneio FPA Indoor de Atletismo, também em São Caetano, em 3 de fevereiro. O recorde anterior, de 2,25m, pertencia ao atleta Jessé Farias de Lima, obtida em 2004.

Ele comemora o novo recorde brasileiro e revela ainda que o amigo Jessé foi um grande incentivador para a conquista. “Foi um pedido dele que eu quebrasse esse recorde, que eu evoluísse suficiente e pra mim é uma honra, porque eu tenho o cara como espelho, é algo sensacional”, disse Talles.

Agora o objetivo do atleta é atingir os 2,33m, índice exigido pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) para garantir a vaga na competição internacional e consequentemente estabelecer novos recordes, o brasileiro e o sul-americano. “O recorde era um caminho que a gente tinha que passar, já passamos por ele e agora estamos focados para fazer os 2,33m”, explicou.

Os atletas Thiago Braz da Silva (salto com vara), Darlan Romani (arremesso do peso), Almir Júnior (salto triplo), Rosangela Santos (60 m), Letícia Cherpe de Souza (400 m) e Nubia Soares (salto triplo), já estão qualificados para o Mundial de Birmingham.
Termine de ler na Fonte: CAIXA

WhatsApp chat
-->