CONTRATUH e UNI GLOBAL discutem benefícios da legalização dos jogos


17/05/2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade – CONTRATUH, em parceria com a UNI Américas, realiza em São Paulo, nos dias 17 e 18 de maio, a 5º Conferência Internacional da UNI Américas para os Jogos – Juntos pelos Trabalhadores. Participam do evento autoridades, dirigentes sindicais e presidentes de associações que estão a frente do debate sobre a regulamentação dos jogos no Brasil e no mundo. Representando o Ministério do Turismo na ocasião, o secretário Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, Bob dos Santos, ressaltou que a resistência de lideranças religiosas ao projeto que legaliza o jogo no Brasil dentro do Congresso se dá pela fata de esclarecimento dos envolvidos. “A CNBB [Confederação Nacional dos Bispos do Brasil] e a Bancada Evangélica têm muita preocupação com a ludopatia. Mas países na Europa, América do Norte e Ásia têm uma política especial, revertendo parte de suas arrecadações para o tratamento dessa doença. Falta esclarecimento desse pessoal, com mais reuniões como essa que está acontecendo”, esclarece o secretário.

O projeto em discussão é o 441/91, que está na Mesa Diretora da Câmara, para a avaliação do presidente da casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). “Estamos confiantes, pois os pontos positivos da legalização do jogo são muitos. Desde aumento da arrecadação, como regularização de trabalhadores que hoje estão na clandestinidade, além de gerar novas oportunidades, trazendo turistas e capital estrangeiro para o país”, completa Bob.

O presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST, José Calixto Ramos, parabenizou a realização do evento e destacou a importância da legalização da prática para a geração de empregos e renda para o país. “Reuniões como essa fortalecem nosso papel na representação da categoria. É importante também trocarmos informações com membros de representações de outros países para que saibamos quais os melhores caminhos para que o projeto de lei seja aprovado no Congresso. Estamos esperançosos”, disse.

Termine de ler na Fonte: BNL Data

WhatsApp chat
-->