Indústria de cassino dos EUA ultrapassa US$ 40 bilhões em receita no ano de 2017


26/08/2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



A indústria de cassinos dos EUA superou a marca de US$ 40 bilhões em receita total de jogos em 2017, de acordo com um novo relatório da American Gaming Association – AGA.

Dos 24 estados com cassinos comerciais, cerca de 460 no total em todo o país, 20 estados relataram aumentos de receita ano após ano. Enquanto isso, os estados receberam um total combinado de US$ 9,23 bilhões em impostos sobre jogos.

O relatório anual “Estado dos Estados” (State of the States) é publicado pela AGA, uma organização de jogos baseada em Washington DC, para dar uma visão geral da indústria de cassinos e seu impacto econômico nos estados e comunidades locais.

“O relatório deste ano demonstra o papel contínuo do setor de jogos comerciais como criador de empregos e gerador de receita para os Estados em todo o país, e estamos orgulhosos do crescimento constante do setor nos últimos anos”, disse a CEO interina da AGA, Stacy Papadopoulos.

Faturamento dos jogos aumentaram 3,4%

Os US$ 40,28 bilhões em receita total de jogos aumentaram 3,4% em relação a 2016. Onze estados – Colorado, Flórida, Kansas, Maine, Maryland, Massachusetts, Nova York, Ohio, Oklahoma, Pensilvânia e Rhode Island –, divulgaram uma receita recorde em jogos. Aberturas de cassinos em Maryland e Nova York, e expansão do jogo em outros estados, desempenhou um papel importante no crescimento.

737.450 empregos nos 24 estados

De acordo com o relatório, os cassinos comerciais geraram cerca de 737.450 empregos nos 24 estados, contando tanto empregos diretos com propriedades de cassino quanto posições indiretas com vendedores e empresas de suporte. Esses empregos totalizaram mais de US$ 34,3 bilhões em salários, benefícios e gorjetas, segundo a Oxford Economics, que participou da produção do relatório.

O valor da receita fiscal foi de 3,1% de aumento em relação a 2016.

No relatório, a AGA destacou a “intensificação da concorrência” na indústria de cassino a partir de 2017 e que continua este ano.

Sara Slane, vice-presidente sênior de relações públicas da AGA, disse claramente que o aumento da concorrência levou a alguns problemas de saturação do mercado. A Associação tem defendido Estados individuais para simplificar certas políticas e regulamentos.

“Aprendemos que taxas de impostos exorbitantes não funcionam”, disse ela.

Maryland registra maior crescimento

A abertura do MGM National Harbor, em Maryland, no Potomac River, a partir de Washington DC, no final de 2016, ajudou a levar o estado a um recorde de US$ 1,6 bilhão em receita de jogos, um aumento de 34%. No entanto, alguns dos resorts de Maryland relataram quedas devido à concorrência.

Sobe receita dos cassinos de Nova York

Em Nova York, os novos cassinos ajudaram a aumentar a receita em 16%, para US$ 2,3 bilhões, embora alguns dos cassinos individuais do estado continuem com baixo desempenho. Em Massachusetts, a MGM Springfield, de US$ 960 milhões, abre sexta-feira e o Encore Boston Harbor, com faturamento de US$ 2,4 bilhões, será inaugurado no início do ano que vem.

“As pressões competitivas devem crescer nos principais estados comerciais nos próximos anos”, escreveu a AGA no resumo executivo do relatório. “(As) duas propriedades comerciais… irão remodelar o cenário competitivo da região da New England”.

Receita de Atlantic City volta a crescer

Em junho, a Atlantic City renomeou e reabriu dois resorts do Boardwalk, que estavam entre os cinco que fecharam em um período de dois anos. A receita de jogos do estado em 2017 foi de US$ 2,65 bilhões, um aumento de 2%, que marcou “um segundo ano consecutivo de crescimento modesto de receita após uma década de quedas ininterruptas após o lançamento dos cassinos na Pensilvânia em 2006.”
Fonte: BNL Data

WhatsApp chat