Dia de Sorte completa seis meses de lançamento e já está entre as modalidades mais vendidas


23/11/2018 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Desde a sua criação, em 18 de maio, o Dia de Sorte trouxe o apelo de ser uma modalidade lotérica que estimula o imaginário do apostador, que sempre tenta fazer a relação com datas comemorativas e dias importantes e queridos. Isso acabou se traduzindo na boa aceitação pelo público. Em seis meses de comercialização, arrecadou R$ 376,1 milhões e pagou R$ 124,7 milhões em prêmios, estando entre as cinco modalidades mais vendidas do portfólio das Loterias CAIXA.

“Tínhamos uma estimativa inicial de pagar premiações em torno de R$ 300 mil, mas já sorteamos prêmios muito superiores”, conta Gilson Braga, superintendente nacional de Loterias da CAIXA. “Isso comprova que lançamos um produto que tem tido uma ótima aceitação do público apostador, o que contribui para elevar os valores dos prêmios”, afirma.

Considerando todas as faixas de premiação, 18,5 milhões de apostas foram premiadas entre os concursos de número 1 a 77. Apenas para a faixa principal, com sete acertos, foram pagos R$ 49,5 milhões em prêmios para 75 apostadores. A maior premiação levou R$ 3,3 milhões, para uma aposta única de Cerro Largo (RS). Já na premiação da segunda faixa, com seis acertos, 11,5 mil apostas foram premiadas.

Como jogar
O jogador tem a opção de escolher sete números entre os 31 disponíveis no volante e ainda um mês do ano. A aposta mínima é de sete números, mas o jogador pode marcar até 15 “dias de sorte”. Cada volante tem disponível três jogos. Também é possível apostar em um bolão.

A premiação é dividida em cinco faixas. Quem acertar quatro e cinco números sorteados recebe o prêmio fixo no valor de R$ 4 e R$ 20, respectivamente. Acertar seis números dá ao jogador o valor de 30% do rateio, e os sete números, de 70%. O mês sorteado garante um prêmio fixo de R$ 2.

Escolha dos números
Cléia Lago, 56 anos, moradora de Brasília, diz que conheceu o Dia de Sorte na própria lotérica. “Sempre peço a surpresinha, sem escolher o número. Jogo uma vez por semana, um cartão de cada vez”, diz a advogada, que já ganhou R$ 8 na nova modalidade. 

Já o motorista de transporte coletivo, Daniel Francisco, 57 anos, teve a curiosidade de começar a jogar quando viu a nova modalidade nas redes de comunicação. “Acho que com esse jogo tenho mais chance de ganhar”, opina. O morador de Valparaíso (GO) geralmente joga alguns números repetidos e outros diferentes. “Escolho os dias de aniversário, números de telefone, placas de carro”, explica.
Fonte: CAIXA

WhatsApp chat
-->