Banco Central da Argentina restringe uso de cartão em cassinos e apostas


05/11/2019 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



O Banco Central da Argentina estabeleceu limites para algumas operações com cartão de crédito no exterior, que incluem um máximo de US$ 50 para retirada em dinheiro. A intenção é evitar a fuga de dólares e preservar as reservas do país, que sofreram uma redução de cerca de US$ 23 bilhões desde agosto deste ano, quando aconteceram as eleições primárias. M última quinta-feira (31), as reservas do Banco Central do país fecharam em US$ 43 bilhões.

Segundo a nota, a regra também se aplica a operações relacionadas a jogos de azar e apostas — muitas pessoas usam cartão para comprar fichas em cassinos de países vizinhos com o intuito de trocá-las por dólar.

O limite também serve para transferências para fundos de serviços de pagamento (paypal, por exemplo), transferência para contas de investimento no exterior, compra de criptomoedas e realização de operações cambiárias no exterior.
Fonte: BNL Data

WhatsApp chat