Reconhecimento facial está chegando às slot machines


18/11/2019 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



A mesma tecnologia usada nos aeroportos e para desbloquear smartphones, pode passar a ser usada também nos cassinos. A Konami Gaming está desenvolvendo slot machines e jogos de mesa, equipados com uma pequena câmara, que permite o reconhecimento facial do jogador. As slot são os jogos mais populares nos cassinos online e terrestres, que investem em máquinas cada vez mais inovadoras.

O uso da tecnologia de reconhecimento facial permite melhorar a experiência de jogo dos apostadores, que não vão precisar de ter consigo o cartão de membro. As máquinas vão poder ver o jogador, e reconhecer imediatamente quem é a pessoa que está jogando. Os jogadores não vão necessitar do cartão de membro para acumular pontos de fidelização, fazer transações nas máquinas de jogo, ou até mesmo comprar uma bebida no bar.

Através desta tecnologia é ainda possível contabilizar o número de vezes que um jogador visita o cassino, quanto costuma gastar, e até o que costuma consumir nos bares e restaurantes do local. Todos estes dados podem ser utilizados pelos cassinos para oferecerem uma experiência melhor e mais personalizada aos jogadores. Será possível criar descontos e promoções exclusivas, direcionadas a um jogador ou grupo de jogadores em particular, de acordo com as suas preferências.

Contudo, espera-se que o uso desta tecnologia seja alvo de regulamentação, e muito provavelmente, os jogadores definirão se querem optar pelo uso do reconhecimento facial. À semelhança do que já acontece com a Política de Proteção de Dados em vigor em Portugal, o jogador terá acesso aos dados associados à sua conta, e pode optar, a qualquer altura, pela eliminação dos mesmos.

Para além da vertente da comodidade, o reconhecimento facial pode ser também utilizado para aumentar a segurança dos cassinos. A tecnologia pode ser usada no sentido de identificar atividade suspeita, ou jogadores que não deveriam estar no cassino, devido a alguma restrição.

Em Portugal, o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos é a entidade responsável pelo controle, inspeção e regulação da exploração e prática de jogos em cassinos, tanto terrestres como online. Entre outras funções, o SRIJ disponibiliza aos jogadores formas de se auto excluírem de salas de jogo de cassinos, e de sites de apostas online, devidamente licenciados. Os jogadores passam assim a constar de uma lista de exclusão, que impede os cassinos de aceitarem as suas apostas. A tecnologia de reconhecimento facial pode ser um grande aliado dos cassinos físicos, que têm mais dificuldade em cumprir esta restrição.

Contudo, os operadores ainda estão avaliando de que forma podem tirar partido do reconhecimento facial, e como seria aceita a inovação por parte da comunidade de jogadores de cassino. Jay Fennel, da Golden Entertainment, detentora de vários cassinos no Nevada, diz que a empresa está intrigada com a tecnologia. Segundo ele: “Não tenho medo de experimentar novas tecnologias, por isso diria que seríamos dos primeiros a adotá-la, mas acho que está longe de ser lançada no mercado”. Já Tom Soukup, vice-presidente da Konami, afirma que esta tecnologia estará disponível no mercado nos próximos meses.
Fonte: Capeia Arraiana

WhatsApp chat