Cassinos fechados em todo o mundo devido a pandemia de coronavírus


17/03/2020 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Os cassinos da Europa, EUA e outros países fecharam suas portas para impedir a propagação do novo coronavírus.

A Itália e a Espanha estão com os cassinos fechados durante o período de quarentena. O setor de jogos também está sendo impactado em países que ainda precisam entrar em confinamento, mas estão tomando medidas preventivas.

No Canadá, a Colúmbia Britânica e o Ontário também decidiram fechar os locais de jogos.

Nos EUA, Massachusetts, Ohio, Illinois e Michigan ordenaram o fechamento de todos os cassinos. Nas últimas horas, o governador de Maryland emitiu uma ordem para os cassinos fecharem suas portas também.

No sábado, a Comissão de Jogos de Massachusetts votou por unanimidade a suspensão temporária das operações nas três propriedades do cassino do estado. Os resorts fecharam no domingo. O Encore Boston Harbor, que é operado pela Wynn Resorts, está aberto há apenas oito meses.

“Um número limitado de funcionários e gerência permanecerá no resort para proteger, higienizar e manter as instalações”, disse a empresa. “A saúde e o bem-estar de nossos hóspedes e funcionários têm sido nossa principal preocupação ao longo desta crise de saúde”.

Las Vegas

Em Las Vegas, a Wynn Resorts e a MGM anunciaram que fecharão seus cassinos para impedir a propagação do vírus, enquanto o conselho oficial do estado é levar a limpeza ao mais alto nível.

“Vários cassinos e hotéis de Las Vegas fecharão as portas em um esforço para evitar a propagação do novo coronavírus”, informou o grupo MGM.

Os fechamentos no MGM Grand, Mandalay Bay, Luxor, Excalibur, Nova York, CityCenter, Park MGM, Bellagio e The Mirage entrarão em vigor na terça-feira.

“Agora é evidente que esta é uma crise de saúde pública que exige uma ação coletiva importante se queremos frear seu avanço”, disse Jim Murren, presidente da MGM Resorts.

“Em consequência, fecharemos todas as nossas propriedades em Las Vegas a partir desta terça-feira, dia 17 de março, pelo bem de nossos funcionários, convidados e comunidades”, completou Murren, antes de informar que o grupo tem a intenção de “reabrir as instalações assim que for seguro”.

As notícias seguiram o anúncio de domingo de que Wynn Las Vegas e Encore cessariam as operações também na terça-feira (17) devido à disseminação contínua do coronavírus COVID-19.

As autoridades de jogos de Nevada foram informadas da decisão que também foi tomada em consulta com o Conselho de Diretores de Wynn, disse o porta-voz da empresa, Michael Weaver.

A mudança ocorre porque muitos resorts da Strip reduziram as operações depois que o surto de coronavírus começou a reduzir as visitas e as viagens para Las Vegas. Os resorts viram milhões de dólares em receitas em potencial de jogos e não jogos apagados em menos de uma semana por causa do surto viral.

Em um vídeo enviado aos funcionários da empresa no sábado, o CEO da Wynn Resorts, Matt Maddox, disse que a empresa continuaria pagando os funcionários durante os fechamentos e garantiu que seus empregos estavam seguros. O vídeo foi postado por vários veículos de notícias de Las Vegas.

O Centro para o Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos divulgou um guia nacional que recomenda o cancelamento ou adiamento de qualquer evento que reúna mais de 50 pessoas, com exceção das atividades educativas ou de negócios.
Fonte: BNL Data

WhatsApp chat
-->