Estelionatários aplicam golpe de R$ 93 mil em dona de lotérica de Santa Catarina


06/05/2020 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



A polícia está empenhada em descobrir os autores e recuperar o dinheiro do golpe que estelionatários aplicaram em uma dona de lotérica de São João do Oeste, no Extremo Oeste de Santa Catarina.  A ação foi praticada nos dias 28 e 29 de abril, porém o caso somente foi levado ao conhecimento das autoridades policiais nesta segunda-feira (04). O delegado Sandro Zancanaro, que responde pela comarca de Itapiranga, admite dificuldades para resolver o caso, em virtude da ação criminosa ter sido praticada há vários dias.
Segundo relatou o comandante do Pelotão da Polícia Militar, tenente Alcenir Minuscoli, a vítima efetuou depósitos para diversas contas bancárias de cidades de Minas Gerais, Goiás e Maranhão. O golpe, na avaliação do oficial militar, foi bem estruturado. Um dos caixas destinados a saques e depósitos apresentou problema. Foi acionado o suporte técnico da Caixa Econômica Federal, porém o retorno foi feito por estelionatários que solicitaram depósitos para fazerem os ajustes de forma remota. Minuscoli informa que os criminosos se passaram por funcionário da agência de Itapiranga e com isso ganharam a confiança para aplicar o golpe.
O delegado Sandro Zancanaro, que responde pela comarca de Itapiranga neste mês, este é o maior valor de todos os casos que ele já atuou. Ele destaca que estelionatários estão aperfeiçoando golpes de clonagem de WhatsApp. O delegado alerta para as pessoas não efetuarem qualquer depósito bancário sem confirmar com a pessoa que está solicitando dinheiro. Na dúvida acione a polícia e evite perder dinheiro, recomenda.
Fonte:
JRTVJornal Regional

f