Reservas da capitalização crescem 2,6% e ultrapassam R$ 31 bilhões


14/10/2020 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



O faturamento do mercado de títulos de capitalização ultrapassou, no mês de julho, os valores de arrecadação observados no período pré-pandemia, o que corrobora o posicionamento do setor de que o pior já passou. “Avaliando a série histórica, a inflexão ocorreu no mês de abril e, a partir daí, retomamos uma tendência de crescimento da casa de dois dígitos, vividos em 2019”, avalia o presidente da Federação Nacional de Capitalização (FenaCap), Marcelo Farinha.

As reservas do mercado de Títulos de Capitalização atingiram R$ 31,3 bilhões entre janeiro e julho de 2020, demonstrando a resiliência do segmento. Esse montante, constituído pelos recursos de clientes com títulos de capitalização ativos, cresceu 2,6% em relação ao mesmo período de 2019, mantendo-se em patamar de estabilidade. Segundo o presidente da Federação, “As informações sobre o desempenho do mercado, divulgadas pela entidade mostram uma tendência da sociedade de busca por ativos seguros em tempos de crise”.
Termine de ler na Fonte: Fenacap

f