Loterias Caixa investem R$ 24,7 milhões das Loterias Caixa ao Comitê Paralímpico Brasileiro


24/08/2021 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Novidades



Os Jogos Paralímpicos de Tóquio começam nesta terça-feira (24) com 95% da equipe brasileira recebendo apoio do Governo Federal por meio do Bolsa Atleta. A delegação conta com 259 atletas, incluindo atletas-guia, calheiros (auxiliam atletas da bocha), goleiros e timoneiro. Desse total, são 236 atletas titulares, dos quais 226 (95,7%) integram o Programa Bolsa Atleta, da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

A maior parte dos atletas (57,6%) recebem Bolsa Pódio que é a principal categoria do Bolsa Atleta. São 136 atletas. Nas outras categorias são: 44 na Paralímpica, 26 na Internacional e 20 na Nacional. O investimento total é de R$ 117 milhões do Governo Federal via Bolsa Atleta aos 226 esportistas desde 2005. Só no ciclo entre os Jogos Rio 2016 e Tóquio, são R$ 75 milhões depositados diretamente aos integrantes da delegação brasileira.

Um dos principais investimentos para a área paradesportiva é o patrocínio de R$ 24,7 milhões das Loterias Caixa ao Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). São 12 parcelas pagas entre junho de 2021 e junho de 2022 por meio do Fundo de Desenvolvimento das Loterias (FDL).

Os recursos são usados na formação de mais de 26 mil atletas, desde o esporte de base até o alto rendimento, em de 11 modalidades: atletismo, natação, halterofilismo, tiro esportivo, futebol de 5, bocha, judô, goalball, basquete em cadeira de rodas, tênis de mesa e vôlei sentado.
Fonte: BNL Data

WhatsApp chat